quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Clap... clap... clap!!!

Muitas são as pessoas que, por motivos turísticos ou de trabalho, se servem do avião para se deslocarem para fora ou no país! Apesar da trágica memória do 11 de Setembro, o avião continua a ser considerado o mais seguro meio de transporte, com todas as facilidades e vantagens a ele associadas, graças aos cada vez maiores avanços tecnológicos que lhe permitem voar praticamente sozinho, fazendo da sua condução uma tarefa perfeitamente trivial e rotineira, embora ainda não dispense a presença dos pilotos. Tudo isto é verdade e não o ponho em causa, mas o que leva os passageiros a baterem palmas ao piloto após a aterragem do aparelho? Se é por julgarem que ele lhes salvou as vidas ao aterrar em segurança, devem ter em conta que o próprio piloto é o principal interessado em fazê-lo… afinal de contas, a vida dele pode depender do sucesso, ou não, da manobra e de certeza que nesses momentos pensa primeiramente no seu bem-estar e não no dos outros! Porque não desatam estas pessoas a bater palmas quando se deslocam a Restaurantes, Bancos, Hospitais, Correios e outras instituições, especialmente depois de serem bem atendidas? Aos pilotos decidem premiá-los com uma calorosa salva de palmas e aos bagageiros, por exemplo, contemplam-nos com uma simples gorjeta… quando, ao fim ao cabo, uns e outros estão apenas a fazer o seu trabalho como é suposto! Ainda há-de chegar o tempo em que se vai bater palmas por tudo e por nada! A propósito, já acabei!... Não estou a ouvir palmas!

22 comentários:

NI disse...

Penso que as pessoas não batem palmas pelo trabalho bem feito. É mais de alívio por estarem vivas.

:)

Madame Frufru disse...

Olá Sloguótica!

Por acaso mete imensa piada ouvir o pessoal bater palmas no final do voo. Acho que antigamente era tradição e para quem não está tão habituado a voar... É uma forma de exprimir o quanto a experiência foi agradável.
Irlandeses, ingleses e outras nacionalidades mais habituadas a usar este tipo de transporte não batem palmas.
Eu trabalho como assistente de bordo há um ano e pouco e ainda não sei reagir à famosa "Salva de palmas". Por vezes sai-me um bocejo. LOL

Também não apoio muito o facto de "termos" de dar grojetas aos empregados de mesa, quando estes já recebem um salário por fazerem o que fazem. Mas entendo-os perfeitamente. É como eu disse. Uma espécie de tradição e os pilotos ficam inchados de orgulho.

Beijinho*

desejo disse...

clap, clap, clap.
Na minha opinião, os passageiros batem palmas pelo desempenho do piloto (ele até pode estar a dormir durante o vôo, e fazer outras coisas, não sei), mas também pela aterragem que é muito delicada. Talvez seja por isto. Já viajei para certos países onde os passageiros não bateram palmas.

:) desejo

Olhos Dourados disse...

Clap clap clap!
:p

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Batem palmas a um programa de computados, basicamente. Acho ridículo. Bjs

...Ju... disse...

chama-se miufa! ;)

Bloguótico disse...

Para quem questiona o exagero de palmas, parece-me que já estás a abusar com o teu pedido final, Sloguótica! :p

Quem sabe, porque não sou adepto de injustiças ou discriminações, depois de um ou outro jantar vou passar a oferecer uma salva de palmas ao funcionário que nos servir!

Aliás, num certo estabelecimento até que elas vinham a calhar pelo modo como servem o vinho e afins... bem lá do alto!! Acho que merecesse essa honra! :p

Sloguótica disse...

- NI: também... mas esquecem-se que enquanto o fazem também o piloto respira de alívio por ainda o poder fazer! : p
Além disso, não será mais difícil de escapar a um acidente de aviação automóvel do que a um aéreo?! Eu sinto mais insegura quando ando nas estradas portuguesas do que de avião, principalmente quando é o Sir Bloguótico a conduzir!! : D

Sloguótica disse...

- MADAME FRUFRU: eu até percebo o facto das pessoas quererem agradecer a experiência quando esta é agradável mas então porquê que não o fazem noutras situações, principalmente naquelas em que correm um maior risco de vida?! Apesar de tudo o avião ainda é o meio de transporte mais seguro! : p
Quanto às gorjetas, tendo em conta que estamos em crise económica, não seria muito mais económico baterem palmas aos empregados de mesa do que dar uma gorjeta?! : p

Sloguótica disse...

- DESEJO: muito obrigada pelas palmas... estava a ver quer não conseguia nenhumas! : D
Custa-me a acreditar k a maioria das pessoas que viajam tenham conhecimentos técnicos para avaliar o desempenho do piloto!... mas acredito que se conseguirem sair do avião em segurança, talvez o considerem muito bom : p

- OLHOS DOURADOS: muito obrigada! : D Aproveito a oportunidade para te desejar um bom regresso à blogosfera... o qual, aliás, aplaudo!!: D

Sloguótica disse...

- PIPOCA DOS SALTOS ALTOS: pois, mais sentido faria entender-se que os aplausos não são para eles, mas para quem inventou e trabalhou os aviões! O meu aplauso e agradecimento pela tua vinda a este blogue! Sê bem-vinda! : )

- ...JU...: provavelmente, mas eu também tenho miúfa que me entornem a sopa quente no colo num restaurante e nem por isso aplaudo o empegado por me servir sem a entornar! : p

Sloguótica disse...

- BLOGUÓTICO: Caro Bloguótico, pelo que li nos comentários acima, as palmas são uma forma de agradecimento ao bom trabalho, portanto, onde está o exagero?! : p
Quanto a ofereceres uma salva de palmas ao funcionário, quero ver homem, principalmente no local a que te referes! : p

A Minha Essência disse...

Quem tem vida em mãos e tudo termina bem... nada mais justo do que saudar pelo sucedido.

Ritinha disse...

clap clap clap
:D

Lyn disse...

Clap clap clap...eu a pensar que seria outra coisa e afinal eram só palmas! ahahahah sou fodida. Kiss!*

SuperSónica disse...

Agora é que falaste umas boas verdades, só por causa disso olha: clap, clap, clap, clap!!

M. disse...

Pode ser apenas com uma mão? Como o Jorge?

:)

Felina disse...

Ah queres palmas pois... e não queres tb uns assobios, olha da ultima vez que viajei as palmas ja estavam gravadas ahahahaha

Sloguótica disse...

- A MINHA ESSÊNCIA: concordo com o que disseste... mas não haverá outros casos em que tal também acontece e não são aplaudidos?! É lógico que estão em causa vidas, mas a intenção do post era apenas usar um pouco de ironia... : )

- RITINHA + SUPERSÓNICA: muito obrigada pelas palmas! : D

Sloguótica disse...

- LYN: dada a tua descrição final no comentário, acho melhor não correr o risco de te perguntar o que terás tu pensado sobre os “clap’s”! : p

- M: acredito que o Jorge de que falas seja o Gabriel... Apesar de tudo, qualquer forma de palmas é boa para agradecer! : p

- FELINA: depende do assobio, mas se é para pedir pelo menos que se peçam palminhas!! :P

XL disse...

Só um promenor...(não sei se é mito) mas o piloto e co-piloto não são os unicos com para-quedas??? just in case...

Sloguótica disse...

- XL: pelo menos nos filmes costuma ser! :s
As nossas boas-vindas ao "crónica"! Esperemos que aterres por cá mais vezes, mesmo sem pára-quedas! :P