sábado, 31 de janeiro de 2009

Novo medicamento...

A pedido do Ministério da Educação, o post de hoje deve-se à colocação de um novo medicamento no mercado de consumo: o HOMEM! Atentem à sua "ficha técnica":
Indicações:
HOMEM é recomendado para mulheres em geral. homem é eficaz no controle do desânimo e do mau-humor, da ansiedade e da irritabilidade.
Posologia e modo de usar:
HOMEM
deve ser usado pelo menos três vezes por semana. Não desaparecendo os sintomas, aumente a dosagem ou procure outro. HOMEM é apropriado para uso externo ou interno, dependendo das necessidades da mulher. Uso oral também indicado.
Conduta de overdose:
O uso excessivo de HOMEM pode produzir dores nas ancas, dores abdominais, entorses, assim como ardor na região pélvica. Recomenda-se banhos de assento, repouso, e contar vantagem para a melhor amiga.
Efeitos colaterais:
O uso inadequado de HOMEM, pode acarretar gravidez e acessos de ciúmes. O uso concomitante de produtos da mesma espécie pode causar enjoo, fadiga crónica e, em casos extremos, lesbianismo.
Prazo de validade:
O número do lote e a data de fabricação, encontram-se no Bilhete de Iidentidade e no cartão de crédito.
Atenção:
HOMEM não tem garantia e todas as espécies são sujeitas a defeitos de fábrica, como deixar toalha molhada na cama, urinar na tampa da privada, deixá-la levantada, espalhar as coisas, esquecer datas de aniversário, etc...
Não existe conserto. A solução é ir trocando até que se ache a fórmula ideal!
Precauções:
Mantenha fora do alcance das amigas... e das crianças.

11 comentários:

Indecisa disse...

Onde é que podemos adquirir mesmo? na farmácia? loooool

beijinho pa tu :p

Alguém disse...

Gostei do prazo de validade eheh Já agora, se não tem garantia e tem defeitos de fabrico, a quem reclamamos?! :p

Pedro Barata disse...

Acho que não é preciso deixar fora do alcance das amigas!!! Lolololol
Está fixe! Um abraço

pensamentovadio disse...

Felizmente são vários os laboratórios a fornecer o medicamento, pelo que já não é necessário ficar com o genérico!

Bloguótico disse...

- INDECISA: sim, ele está à venda em qualquer farmácia! ;)

- ALGUÉM: não há possibilidade de reclamações... apenas de troca! ;)

- PEDRO BARATA: também concordo, mas isso fica ao critério da doente! ;)

- PENSAMENTO VADIO: tá bem visto, mas os genéricos também garantem qualdidade! ;)

Salto-Alto disse...

Já adquiri o meu exemplar... Como consumidora, sinto-me obrigada a alertar:

- revela alguma ineficária no controle do mau-humor, sendo que por vezes o exponencia;

- o seu uso excessivo (até agora) não revelou quaisquer dos efeitos anunciados, mas antes dor de cabeça;

- o facto de não vir com nenhum tipo de garantia não é (necessariamente) mau, porque assim não se pode responsabilizar o consumidor por má utilização do produto.

Tenho dito. ;p

Super Poderosa disse...

publicidade enganosa.....devias pagar coima!! :-)

Bloguótico disse...

- SALTO: muito bom este coment!
Ficam registados os alertas... o Portal da Saúde agradece! loool

- SUPER PODEROSA: estou inocente... foi alertada a possibilidade de defeitos de fabrico! :-)

Ninja! disse...

LOL que risota, está excelente!!!

Bloguótico disse...

- NINJA!: tá muito bom... mas a excelência do post não é minha! Descobri isto na net, e ñ resisti em publicá-lo cá! ;)

Sloguótica disse...

Ministério da Educação?!... não me digas que as escolas agora fabricam "medicamentos"! : p

P.S. privada usa-se no Brasil! : p