sábado, 10 de janeiro de 2009

Ensaio sobre a... velhice!!

Caros leitores, para hoje temos aquele diálogo estúpido e infelizmente não raro de se ver -geralmente entre velhotes- que deixa qualquer um de rastos e a pensar: "hum... onde é que eu já ouvi isto?! "
A situação mais comum é aquela em que alguém encontra um conhecido na rua e resume-se, essencialmente, a isto:
- Então, por aqui?

- É, cá estamos...
- E a vidinha, ah?
- Vai-se andando...
- Pois é... é a vida!
- Hoje esteve um dia fresquito!
- Um bocadinho frio...
- Pois é...
- Mas acho que o sol ainda espreita hoje...
- Quem dera... na minha idade os ossos já não aguentam o frio!
- Ui, nem me digas... mal posso desta perna.
- Pois é... Mas é a vida...
- Ah, pois é... essa é que é essa!
- Bem... vamos à sopa.
- Tem de ser... tem de ser!

Moral da história:
se era para ter conversas destas, mais valia não terem aberto a boca... ou então limitavam-se a dizer olá e adeus! Depois é a juventude que não sabe conversar sobre temas úteis, interessantes e actuais!

21 comentários:

Indecisa disse...

Provavelmente esqueceram-se de como se tem uma conversa interessante.
lol

*

L!NGU@$ disse...

Acho a informação da perna bastante importante. Não foi uma conversa assim tão sem conteúdo.

Bem, se calhar até foi.

Salto-Alto disse...

Olá!



É a vidinha, não é?


E o tempo?


Tem estado frescote...


Bem, vou ali ao Centro de Saúde para o médico me passar umas receitas.


Depois vou aviá-las à farmácia.


É do catano...


É a vidinha!

Bloguótico disse...

- INDECISA: só pode ser isso mesmo, a idade não perdoa! ;)

- L!NGU@$: a informação da perna vem no seguimento duma consulta k ele teve no médico: este disse-lhe k a dor que sentia na perna era consequência da idade... ao k o velho respondeu k ñ podia ser, pk a outra perna tinha a mesma idade e não lhe doía nada.

- SALTO: lol... não precisavas de levar tão a sério o post! Ainda não estás na flor da idade para coment's como esse! ;)

saves disse...

Quando não tem sobre o que se falar, fala-se do tempo, não é? ^^

Eu, não só já ouvi conversas dessas, como já fui obrigada a participar numa. É aquela cena, os cotas passam, conhecem, falam. E eu respondo, claro. Mas o assunto para falar com eles não é muito. Então, lá aparecem essas pérolas. Acontece

Bloguótico disse...

- SAVES: estou solidário... nem ao meu maior inimigo desejo 5 minutos de conversa deste tipo! Ker dizer, se calhar até desejo, mas pronto... se é inimigo, azar o dele! ;)

Velhinho69 disse...

Lá por não ser um tema de interesse çpara tua geração, não quer dizer que não seja para minha e dos meus amigos...é que não pode ser só sexo à bruta de vez em quando também tem de se sair à rua e falar do tempo, saber se vai dar para estar o dia todo na cama a bricar aos médicos ou se é melhor ir até ao jardim brincar à lagoa azul...Para a próxima pensa bem antes de falar mal da minha geração e do que nós dizemos, ouvistes?

lluna nena disse...

É caso para dizer que o mundo está perdido..lolol

beijinhoo

Bloguótico disse...

- VELHINHO: e pensava eu k era o único (além do Pessoa) k usava heterónimos... Não precisavas de usar o "ouvistes" para te reconhecer... agora sempre k aparece um novo comentador estranho no blog, suspeito logo de ti, K**-C**! ;)
Lendo o teu coment, axo k afinal akelas conversas de chacha de que falo no post se justificam... agora percebo pk elas existem: para acabar com essa rotina de que falas! É preciso variar! lol

- LLUNA NENA: bolas... eskeci-me de acrescentar essa fala na conversa! lol

sweetie disse...

LOOL é mesmo!
O tempo é sempre tema de conversa quando não há nada de jeito pra dizer! É a necessidade de dar à língua quando não outras alternativas =P É da idade, é da idade..=P **

pensamentovadio disse...

os senhores podem ser pouco originais mas actuais, lá isso são! tá cá um frio!
Oh salto, espera por mim no banco do jardim e vamos as duas aviar a receita que o meu "rematismo" não aguenta tanto frio!;)

ZaniNE disse...

Haja saúde, caro companheiro, haja saúde! lol

És tão mauzinho, não és? Coitaditos...

Bjs.

Bloguótico disse...

- SWEETIE: pois... o tempo funciona sempre como um desbloqueador de conversa! Obrigado pela visita ao "crónica"
e sê muito bem-vinda! ;)

- PENSAMENTOVADIO: actuais?! Nah... isso foi coincidência! ;)
Gostei dessa do banco de jardim... lol

- ZANINE: ora essa... não sou nada mauzinho! Sou um paz d'alma - podes confirmar isso com a SALTO -! ;)
P.S.: Haja saúde! lol

lluna nena disse...

=) eu lembro-te do que for necessario.. beijinhoo

Bloguótico disse...

- LLUNA NENA: obrigado pela ajuda! Não me vou eskecer disso, knd a minha inspiração estiver em baixa! ;)

Cadinho RoCo disse...

Sugiro que sejamos mais tolerantes.
Cadinho RoCo

Queen Butterfly disse...

Vê se te lembras: Estou com um frio ns meus joanetes! :)
E não tinha 60 anos, a não ser que seja compincha da Lili!

Pedro Barata disse...

Mas ouvi conversas dessas em jovens também!!! Portanto, nãi sei se terás que mudar o título do post! Lololol

Abraço vermelho

Alguém disse...

oh, mas pensa: se não houvessem essas conversas entre velhotes, o provável era eles pensarem (uns sobre os outros) que o outro estava chateado com ele... logo ia incomoda-lo... e já não se ia sentir bem... nem dormir de noite... nem conseguir fazer a sua vida normal... e depois seguia-se o tal ataque cardíaco... Estas conversas SÃO necessárias ;-)

Bloguótico disse...

- CADINHO ROCO: eu sou tolerante... obrigado pelo coment e... pela sugestão!

- QUEEN BUTTERFLY: lol... essa dos joanetes era mais uma a juntar a esta interessante conversa! Ela ñ tinha 60 anos, mas knd lá xegar, se já é assim agora, nem kero imaginar as conversas k ela terá knd os tiver! ;)

- PEDRO BARATA: ok... mas a maioria das vezes são os mais velhos k se saiem com estas conversas! A maioria vence... logo, o título mantém-se! lol

- ALGUÉM: tudo bem... mas podiam inovar um pouco de vez em knd, e melhorar o discurso! ;)

Sloguótica disse...

Não digas mal porque para lá caminhas.. :p

(4pm)